Hoje é dia de arrumar o seu quarto!

Você já reparou o quanto tudo muda a nossa volta e nem percebemos? Certo dia ao entrar no meu quarto, após um cansativo dia na faculdade, me deparei com uma situação catastrófica. Talvez se você presenciasse a cena também não acreditaria no que veria – Eu não acreditei. Era como se aquele recinto estivesse recebido um grande cataclismo. Terremotos, tufões, tsunamis e nuvens de poeira vulcânica tinham passado por ali e transformado aquela paisagem familiar em um tremendo caos. Como seria possível acontecer tamanho evento e eu não perceber?
Bem, existe uma pequena possibilidade da minha descrição está levemente diferente da real. Contudo, o importante nesse momento é que você saiba que o meu quarto estava verdadeiramente bagunçado.
O mais interessante naquele evento foi o que aconteceu nos momentos seguintes – Eu resolvi dar um jeito naquela bagunça. Se você já passou por algo semelhante, deve entender que colocar o caos em ordem pode não ser a melhor das suas experiências. Mas, foi exatamente o que eu tentei fazer e tive um inesperado momento de compreensão, repreensão e ensino.
Eu fico impressionado como o Espírito Santo é capaz de falar conosco de diferentes maneiras. Ele está sempre traduzindo a linguagem espiritual para a humana, a fim de que tenhamos a completa revelação do que se passa, ou seja, o entendimento dos fatos. Jesus utilizava as parábolas para traduzir a complexa linguagem dos céus para o povo, fazendo com que a sua mensagem fosse transmitida de forma eficaz.
Do mesmo modo, naquele momento percebi que a minha vida espiritual estava como aquele quarto – uma verdadeira bagunça. O meu interior estava em desordem e eu não havia percebido essa minha condição até aquele momento.
Existe um motivo para a desordem interior? Sim. O motivo sempre será o mesmo pelo qual o quarto estava desarrumado. O caos não se iniciou do nada, ele foi causado pela minha negligência diária em não oferecer àquele ambiente as atividades necessárias para mantê-lo limpo e organizado. Dessa forma é possível correlacionar perfeitamente essa situação com a nossa vida e suas áreas específicas.
A negligência, somada com o fator tempo, é capaz de desorganizar o físico, o emocional e o espiritual. Por exemplo: na maioria das vezes não somos acometidos de certas enfermidades da noite para o dia. Da mesma forma, não entramos em um período depressivo sem motivos e, não esfriamos espiritualmente do nada. Houve um negligenciar diário, uma atenção não devida, uma tarefa não cumprida e, por isso, a qualquer momento é possível nos depararmos com a visão de nossas vidas totalmente em caos.
Precisamos entender que o nosso mundo não vira de ponta cabeça em um piscar de olhos – Essa ideia está errada. Enquanto negligenciamos o nosso eu diariamente, poeira estará sendo depositada nos lugares mais inusitados. Os ventos, as vibrações dos terremotos e a força dos tsunamis mudarão as coisas do lugar e, quando menos esperarmos o nosso quarto estará totalmente bagunçado.
O grande problema em não colocar o nosso quarto em ordem é que o caos pode alcançar um nível tão alto que se tornará quase impossível organizá-lo. Assim sendo, precisamos nos atentar pra esse desafio de resolver as nossas pendências todos os dias. Confesso que depois desse evento, me deparei com outras situações semelhantes em que novamente o meu quarto se encontrava uma bagunça. Mas, sempre diante dessa visão o primeiro passo é pegar uma vassoura e um espanador e iniciar a retirada do pó. Quero encorajá-lo a tomar o seu quarto como um indicador da qualidade de sua vida. É uma espécie de lembrete que estará sempre diante dos seus olhos. Toda vez que você identificar algo fora do lugar no seu quarto físico, se analise, e tente encontrar algo fora do lugar dentro de você.
Assim, eu quero que você reflita sobre o seu quarto. E quero que entenda que o seu quarto é a sua vida ou uma área específica dela. Talvez seja o momento de assim como eu, você abrir o seus olhos para a sua situação. Identificar e descrever a ocasião, por mais desanimador que seja o quadro. Com certeza, esse é o primeiro passo para que se comece a faxina interior. Levante todos os dias, sacode o pó, dobra suas roupas, arruma as gavetas e seja transformado de glória em glória e de fé em fé. Tenho certeza que o ambiente ficará mais agradável para você mesmo e para qualquer outro que entrar nele.

Por: Jonathan Manhães

4 comentários:

Hiama Honorato disse...

Sem palavras mediante essa realidade e sua reflexão!
Obrigada!

Abimael Santos disse...

Amém. Ótimo texto, irmão. Parabéns. Estou te seguindo.

http://defendendofe.blogspot.com.br
twitter.com/abimaelsantos7

Jonathan Manhães disse...

Obrigado pela visita, Hiama. ;) Abimael, estou te seguindo de volta. Deus abençoe a todos!

Eddy Dias disse...

Isso ai, muitas vezes é preciso fazer um reflexão com relação a todas as áreas de nossas vidas. Parabéns!