Uma montanha-russa chamada Vida.

Você já reparou que as nossas vidas é como uma grande montanha-russa? Quando nascemos é como se adquiríssemos um ticket e entrássemos em um daqueles carrinhos – Entramos, sentamos e logo uma trava é acionada para nos proporcionar a segurança necessária durante todo o percurso. Imediatamente o carrinho entra em movimento e logo os trilhos deixam a sua conformação inicial passando a ser cada vez mais íngreme.  Logo, os nossos olhos começam a contemplar a subida e os nossos batimentos cardíacos revelam um ser se enchendo de expectativas e medos. O vento no rosto, pupilas dilatadas, o coração a mil e a sensação de que logo mais a frente estaremos vivenciando novas experiências e sensações nunca antes experimentadas. 

             Se você já teve a oportunidade de ir a uma montanha russa, você deve saber que essa subidinha íngreme parece uma eternidade diante da expectativa que é gerada dentro nós para o que virá. Quando atingimos a altura máxima, a velocidade é quase zero, e por alguns segundos é possível contemplar a visão gerada por aquele ponto específico dos trilhos.
Contagem regressiva: três, dois, um e zuummmmmmmmmmmmm... O breve momento de contemplação e expectativa é substituído por um intrépido movimento trilho a baixo. Mergulhamos repentinamente em altíssima velocidade sem aviso e sem preparo. Os sentimentos se misturam e os minutos que se seguem são marcados pelos elevados níveis de adrenalina em nossa corrente sanguínea. Na nossa frente existem curvas, subidas, quedas e loopins que nos deixam de ponta a cabeça e que pode nos fazer entoar as nossas mais altas canções de pavor – Entenda: podem. Mas, também podem tirar os nossos mais altos gritos de júbilo.
Bem, é possível que a sua experiência no parque de diversões, realmente, não seja, ou não foi, muito agradável. Há pessoas que entraram em pânico e decidiram nunca mais ter a experiência proporcionada por este brinquedo. Entretanto, você só possui um ticket para vivenciar a montanha-russa da vida. Sendo assim, você tem apenas uma oportunidade de fazê-la valer a pena. Se a sua experiência não for agradável, não haverá nenhuma outra chance. Então, hoje é nos dado o desafio de fazer com que os nossos dias sejam aprazíveis.
O que eu quero dizê-lo é que não tem como você não está na montanha-russa da vida. E certamente, você vivenciará os mais diferentes tipos de situações e sensações – boas e ruins. O que vai diferenciar quando o carrinho parar é como você se comportará em cada lugar dos trilhos. Então, solte os braços e sinta o vento forte no seu rosto. Viva intensamente. Contemple o cenário quando estiver em lugares altos, e aproveite os lugares baixos para tomar fôlego para as curvas repentinas e para os loopins que torna de ponta cabeça a nossa visão.
A sua experiência pode realmente exceder todas as suas expectativas. Tudo dependerá da forma como os teus olhos interpretarão os trilhos. Eu estou falando sobre uma nova forma de pensar a vida. Quando seu mundo parecer de ponta cabeça, siga as instruções de Cristo, e tenha bom ânimo. Esforça-te para vencer os medos e as provações. E tenha em mente que há um tempo e propósito em cada ocasião.
Faça valer o seu ticket, faça valer a vida.

Por: Jonathan Manhães

Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá Meus Irmãos Graça e Paz.
Parabéns pelo blog uma benção, muito edificante. Já estou seguindo, aproveitamos para compartilhar também
O Nosso Blog, ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
Deus te abençoe ricamente
Josiel Dias
Mensagem Edificante para Alma
http://josiel-dias.blogspot.com.br
Rio de janeiro