Ele não disse que seria fácil

Amados, não estranheis a ardente provação que vem sobre vós para vos experimentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas regozijai-vos por serdes participantes das aflições de Cristo; para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e exultareis.
(1 Pe 4:12-13)

Provações, lutas, batalhas e aflições são palavras participantes da vida de todo cristão. Entretanto, diferente de outras pessoas na Terra, que passam pelas mesmas dificuldades, é que nós temos o grande privilégio de não passarmos por estas situações sozinhos. Temos o privilégio ter o Senhor por perto. Por isso, busquemos entender a palavra de Deus, pois, Ele nunca disse que seria fácil, uma vez que, da mesma forma que Adão foi tentado no principio do mundo, somos tentados nos dias atuais. De igual modo, Jesus também foi tentado, sendo assim, por que não seriamos tentados?
 Entretanto, entre Adão e Jesus existe uma grande diferente. Uma diferença que não se pode medir. Adão cedeu as tentações do inimigo, mesmo sendo orientado por Deus, seu criador, e mesmo estando na presença d’Ele, Adão cedeu. Por outro lado, Jesus, foi um exemplo de força, confiança, fidelidade e temor. Isto era o que Jesus possuía, sendo assim, resistiu até o ultimo segundo.
Jesus foi tentado de tal maneira que o inimigo se comparou a Deus e se atreveu a comparar-se com Ele. Mas Jesus foi forte; Ele resistiu; Ele não cedeu. E é essa atitude que Deus espera de nós; que ao sermos tentados não nos abalemos e que não cedemos às bandejas que o inimigo traz as nossas vidas. E ao resisti-lo, lembremos-nos de tudo que Jesus passou e busquemos viver da forma que Jesus viveu.
Creio que Deus se alegra quando nos momentos de provações, clamamos a Ele, e isso mostra que não somos nós que vivemos, e sim Ele que vive em nós. Como diz em Tiago 1:12: “Bem aventurado o homem que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam”.
 Creio que sendo forte, e passando pelas provações, provamos que amamos a Deus; que nossa vida está n’Ele; e que somos d’Ele. E como em Efésios 6:11: “Vistam-se com toda a armadura que Deus dá a vocês, para ficarmos firmes contra as armadilhas do Diabo”, e deste modo, devemos viver firmes e cobertos com a graça e poder de Deus. Ela será a nossa armadura durante nosso dia-a-dia, pois o Senhor já preparou a nossa recompensa no Reino dos Céus.
Sendo assim, necessitamos de estar sempre vigilantes e de estar buscando sempre a presença de Deus pra mais perto de nós. Isso nos fortalecerá, nos guardará e nos firmará cada dia mais na Rocha – que é Jesus. Precisamos todos os dias, principalmente ao levantar-nos pela manhã, fazer um oração de entrega a Deus; uma oração de compromisso; de necessidade d’Ele, para que ao invés de usar nosso dia, para o nosso viver, usarmos para honra e glória do nosso Senhor Jesus Cristo.
Que a paz e a graça do Senhor esteja sempre sobre cada um de nós, e que a sua Shalom nos revista todos os dias. Amém

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/